Cursos Construção Civil | Cursos SENAI RIO

Setores

Futuro do trabalho, futuro da indústria

As indústrias do estado do Rio e do Brasil agora contam com o mais inovador, sustentável e abrangente Centro de Referência em Construção Civil. Localizado na Firjan SENAI SESI Tijuca, ele é a mais moderna e atualizada unidade de formação profissional e inovação do país, pensada para impulsionar a qualificação profissional e a competitividade das empresas.

A Firjan SENAI conta com um portfólio de cursos para formar profissionais qualificados e apoiar as empresas da cadeia produtiva da Construção Civil neste momento de retomada. Há oferta de cursos on-line e EaD + prática, além da possibilidade de aulas através das nossas unidades móveis¹. Tudo para que a capacitação profissional da Firjan SENAI chegue a todos os lugares onde há demanda. 

Cursos com inscrições abertas


Industrialização, digitalização e sustentabilidade na Construção Civil

O Centro de Referência conta com 19 laboratórios modernos e de ponta, além de 10 salas de aulas disponíveis para a capacitação profissional na área de Construção Civil². A unidade é 100% acessível, conta com certificado verde, muro e telhado verdes, iluminação 100% em LED, além de utilizar energias renováveis, com películas, e placas de captação de energia solar.

Laboratório de concreto

Laboratório de energias renováveis

Laboratório de métodos de construção

Cadastro de interesses

Quer saber mais sobre o Centro de Referência em Construção Civil da Firjan SENAI SESI Tijuca e sobre os cursos na área? Cadastre-se para receber informações.


¹As aulas práticas são presenciais nos nossos laboratórios ou oficinas, caso seja possível, ou através de simuladores nas plataformas de aprendizagem, dependendo das orientações oficiais relacionadas à pandemia do novo coronavírus. A oferta de cursos através das unidades móveis segue os protocolos sanitários exigidos por conta da pandemia do novo coronavírus.

²A utilização dos laboratórios depende das orientações oficiais relacionadas à pandemia do novo coronavírus. 

Fotos: Vinícius Magalhães