Sabe quais cursos da Firjan SENAI estão em alta? | Cursos SENAI RIO

Blog

A indústria está mudando com a chegada cada vez mais rápida das novas tecnologias. Os profissionais também precisam se adaptar. A Firjan SENAI acompanha essas tendências e investe em inovações educacionais que facilitam o aprendizado e agregam valor à formação profissional.

Nesse novo cenário, cresce a procura por técnicos nas áreas de logística, mecânica, automação industrial, eletricidade e automotiva. Nos modernos laboratórios e oficinas da Firjan SENAI, o aluno aprende na prática e sai preparado para resolver problemas reais enfrentados pelas indústrias. Isso porque nosso portfólio de capacitação está alinhado às demandas das empresas.

Os cursos são oferecidos em diversos turnos e unidades da Firjan SENAI e têm turmas sendo abertas durante todo o ano.

Curtiu? Conheça mais sobre o mercado dos nossos cursos em alta:

Logística

A área de logística dá suporte fundamental para o aumento da competitividade das empresas. Ter competência nesse setor tornou-se um diferencial para a permanência das companhias no mercado global. 

Com isso, a demanda por profissionais qualificados para atuar em operações logísticas é crescente. Embora essa formação seja muito recente no Brasil, vem ganhando destaque como meio de alcance de eficiência na cadeia de suprimentos e por facilitar a gestão da produção. 

No curso técnico da Firjan SENAI, o aluno aprende muito mais que os fundamentos básicos dessa carreira. Armazenagem, gestão de suprimentos, metodologia de projeto, custos logísticos, gestão da produção, distribuição e transporte, ferramentas de projetos, gestão dos sistemas logísticos, logística internacional e sustentável, desenvolvimento de projeto em logística, tendências regionais, entre outras competências compõem a grade curricular. 

Mecânica

Operação de processos, supervisão e coordenação de atividades de fabricação e manutenção de equipamentos e sistemas são algumas das tarefas que um técnico em Mecânica pode realizar em uma fábrica. Esse profissional pode atuar em diversos setores, como automobilístico, farmacêutico e químico, empresas de pesquisa e desenvolvimento e laboratórios de controle de qualidade. 

O processo industrial tem se tornado cada vez mais autônomo e flexível, exigindo desse colaborador novos conhecimentos e a capacidade de integração entre diferentes competências nos processos industriais. Assim, cada vez mais, a manufatura aditiva, a engenharia reversa e a impressão 3D farão parte dos conhecimentos de quem atua nessa área, contribuindo para uma melhor otimização de custos e recursos. 

A Firjan SENAI prepara o estudante para essa nova realidade, pois entra em contato desde cedo com as ferramentas emergentes no mercado. Assim, desenvolve habilidades valiosas para a indústria do futuro. 

Automação industrial

Hoje, nas indústrias de processos contínuos, há uma crescente necessidade de equipamentos autoajustáveis e autoconfiguráveis. Desse modo, destacam-se os trabalhadores que entendem de automação industrial – aqueles que trabalham com complexos algoritmos de programação e tecnologias para melhoria e controle da produção. 

A Firjan SENAI possui dois cursos muito procurados nessa área: o curso técnico de Automação Industrial e o de Mecatrônica. No primeiro, o aluno aprende os fundamentos de eletrotécnica, eletrônica, instrumentação – aplicados a sistemas automatizados –, conhecimentos de acionamentos elétricos, circuitos hidráulicos e pneumáticos e instrumentação analítica. 

Já o estudante de Mecatrônica aprende a projetar sistemas de automação, assim como instalar e revisar máquinas e equipamentos automatizados de manufatura.  As áreas de atuação dos técnicos que optarem por esses cursos são amplas: desde fábrica com produção automatizada a empresas de manutenção e reparos, além de fabricantes de máquinas, componentes e equipamentos.

Eletrotécnica

Você sabe o que um eletrotécnico faz? Esse profissional é o responsável por projetar, instalar, manter e operar sistemas elétricos prediais, industriais e de potência. Realiza essas atividades cumprindo sempre as normas técnicas, de qualidade, de segurança e saúde e de preservação ambiental. 

Com nosso curso técnico, o aluno aprende de tudo: desde instalar e fazer a manutenção de equipamentos e sistemas elétricos até executar e coordenar instalações elétricas de centros de transformação, redes de transmissão, distribuição e de iluminação pública. Na nossa grade curricular, estão contemplados módulos como segurança em eletricidade, energias renováveis e eficiência energética. 

Por estar diretamente ligado à tecnologia, o curso técnico em Eletrotécnica da Firjan SENAI surge como boa alternativa por conta da ascensão da área pelo fato do grande investimento do governo federal em setores como geração de energia, infraestrutura e habitação. Foram destinados R$ 130,97 bilhões a 7.439 projetos que devem ser concluídos em 2018. 

Automotiva

Com cursos em diversos pontos do estado do Rio, como Resende e Jacarepaguá, a Firjan SENAI oferece o que há de mais inovador em capacitação para a indústria automotiva. Na categoria técnico, há a opção de Manutenção Automotiva, em que o estudante aprende a realizar a revisão de sistemas automotivos eletrônicos e mecânicos. 

As perspectivas são promissoras para quem opta por essa carreira. O primeiro trimestre de 2018 alcançou nível próximo à média dos últimos dez anos: foram fabricados, no país, 699,6 mil veículos. Houve um crescimento de 14,6% em comparação ao mesmo período de 2017, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Na prática, isso significa mais postos de trabalho e boas remunerações para colaboradores qualificados. Mas é preciso estar atento: a indústria de automóveis se moderniza rapidamente e exige constante aperfeiçoamento técnico! 

A Firjan SENAI oferece ainda a opção de qualificação profissional em Eletromecânico de Instalação e Manutenção de Gás Natural Veicular (GNV). Aqui, o aluno aprende a realizar a instalação de componentes em motores ciclo Otto, que inclui sistemas mecânicos de armazenamento e alimentação de GNV, eletroeletrônicos e a revisão do sistema de injeção eletrônica.