Olimpíada do Conhecimento: começa a edição 2019 da maior competição de educação profissional do mundo | Cursos SENAI RIO

Blog

Foi dada a largada na Olimpíada do Conhecimento da Firjan SENAI. A competição é composta de quatro etapas: escolar, regional, estadual e a seletiva (antiga fase nacional) para a WorldSkills – a maior competição de educação profissional do mundo.  Em cada uma delas, os alunos realizam provas nas quais precisam mobilizar conhecimentos, habilidades e atitudes para superar desafios em sua área de formação, dentro de prazos e padrões de qualidade e produtividade requeridos pelo mercado de trabalho. As fases são abertas a visitação de estudantes e sociedade em geral. 

Entre 25 a 27/06, aconteceu a fase escolar, que classificou para a etapa regional cerca de 100 de um total de 280 alunos de todas as 27 unidades. Integram esta edição as 15 ocupações profissionais alinhadas com a demanda do mercado industrial do estado do Rio e com o histórico da formação profissional da Firjan SENAI nos últimos anos. São eles: Comunicação Visual, Costureiro Industrial do Vestuário, Modelista, Construção em Avenaria, Eletricidade Predial, Eletricidade industrial, Construção em Estruturas Metálicas, Mecânica de Usinagem, Mecânica de Manutenção, Soldagem ER, Soldagem MAG, Logística, Caldeiraria, Instrumentação e Panificação. Para participar, o estudante não pode ter mais de 21 anos em 2021.

De acordo com Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI, a Olimpíada do Conhecimento é mais um importante instrumento de avaliação das ações educativas da instituição: “Assim, podemos aperfeiçoar os processos envolvidos na formação profissional, relacionados aos planos de cursos, infraestrutura, capacitação de instrutores, situações de aprendizagem e sistemática de avaliação, objetivado garantir uma formação em nível de excelência”. 

Para a fase estadual, serão selecionados na etapa regional cerca de 70 alunos. Já para a Seletiva WorldSkills, somente os que mais se destacarem ao longo de um processo de preparação que pode durar de seis meses a um ano. 

Diferencial no currículo

Breno Peter, de 21 anos, é um ex-aluno olímpico da Firjan SENAI Volta Redonda, que conquistou a terceira colocação na última etapa estadual, em 2017. Ele cursou aprendizagem e Técnico em Mecânica. Depois de formado, no mesmo ano, demorou apenas um mês para ser empregado, já em um cargo de liderança, na Prada Embalagens, em Resende. Hoje, Breno desempenha a função de líder de produção e dá as diretrizes para cerca de 20 operadores no setor de estamparia. 

“Foi uma experiência incrível participar dessa competição, fez muita diferença no meu aprendizado, já que o treinamento me fez aperfeiçoar e aprender coisas novas. Tive total atenção dos instrutores, às vezes até mais de um me ensinando ao mesmo tempo”, conta Breno sobre sua participação na Olimpíada. 

Sobre o emprego que conquistou tão cedo, ele explica que a participação na competição foi um diferencial nas entrevistas. “Na Prada Embalagens, além de líder de produção de uma linha de estamparia que fabrica embalagens metálicas de aerossol, também atuo como técnico mecânico, realizando manutenção preventiva preditiva e corretiva nas prensas. Os cursos e a Olimpíada me prepararam para qualquer função da área da mecânica industrial, então consigo desempenhar bem os dois papéis”, comemora. 

WorldSkills

Em agosto, acontece o WorldSkills 2019, na Rússia, com os alunos que começaram a competir em 2017. Desde então, eles vêm se preparando para o torneio mundial. Compõem o time Brasil dois alunos da Firjan SENAI, um em soldagem e outro em joalheria.

Competidor da fase escolar na unidade de Jacarepaguá. Fotos: divulgação

Competidor da fase escolar na unidade de Jacarepaguá. Fotos: divulgação