5 dicas para quem quer atuar na indústria 4.0, em alta no mercado de trabalho | Cursos SENAI RIO

Blog

Internet das coisas, machine learning, big data, realidade virtual, realidade aumentada e manufatura aditiva – termos que pareciam distantes, hoje são as apostas para a revolução da indústria e da sociedade. E, como é de se esperar, a indústria 4.0 ainda reformula o mercado de trabalho, já que os atributos tornam-se a principal demanda no setor.

Os anos mais recentes da carreira de Diógenes da Silva Oliveira, de 28 anos, técnico em Mecatrônica e Jovem Destaque Resendense 2016, mostram a dinâmica de como uma formação na área pode abrir portas. Ex-aluno da Firjan SENAI, o rapaz trabalha como analista de Processos na Volkswagen e garante que, desde o primeiro estágio, não precisa mais procurar emprego. Segundo ele, as empresas passaram a oferecer propostas, mesmo fora do setor automobilístico, que é uma das grandes vocações da região onde mora, o Sul Fluminense.

“Fazer um curso com referência no mercado, como da Firjan SENAI, e estar no mercado foram fundamentais para que outras empresas conhecessem o meu trabalho e se interessassem a ponto de me convidar para trabalhar com eles. Após três anos de estágio, fui efetivado e, um ano depois, recebi oferta muito boa de uma empresa de engenharia. No ano seguinte, veio a oferta da Volks, irrecusável”, revela o jovem, que já atuou também como analista de Projetos, além de técnico em Mecatrônica.

Empregado na Ambev, na capital do estado, João Trotman, 20 anos, técnico em Eletroeletrônica, também formado pela Firjan SENAI, conta que ainda vêm mais oportunidades para indústria 4.0 pela frente. “A Ambev está com vários projetos; e, quando concretizar, vai recorrer a quem estiver atualizado e preparado, confirmando essa tendência”, opina.

Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI, defende a predominância da visão inovadora e dá o passo a passo para quem busca ingressar nesse universo tecnológico da indústria. Confira abaixo as cinco dicas. 

1) Compreender o que significa a Indústria 4.0

A chamada Indústria 4.0, também conhecida como manufatura avançada, vem propor uma transformação nos modelos de produção e de negócios na indústria, tornando os atuais modelos obsoletos frente aos novos desafios do mercado. É um movimento universal, em que todas as empresas e pessoas, independentemente do seu porte e/ou setor de atuação, precisarão se adaptar, se quiserem permanecer competitivas. O termo Indústria 4.0 surgiu na Alemanha, em 2011, e essa expressão engloba diversas tecnologias, tais como automação e troca de dados, e ainda utiliza-se de conceitos de sistemas ciberfísicos, internet das coisas e computação em nuvem.

2) Estar antenado com as tecnologias entrantes

A Indústria 4.0 precisa de profissionais que estejam ligados nas inovações que aumentem a produtividade, reduzam custos, personalizem e customizem produtos e serviços para os clientes. A nova indústria traz a visão de “fábricas inteligentes”, e o desafio é justamente estar antenado nessas novas tecnologias e preparado para esse mercado.

3) Manter-se atualizado profissionalmente

Essa nova indústria exige profissionais com visão inovadora, criativa e com amplos conhecimentos sobre as modernas tecnologias e tendências. Estar qualificado e pronto para atender as demandas implica desenvolver competências diferenciadas, que agregam valores à formação profissional. Isso envolve conhecimentos como: internet das coisas, machine learning, big data, realidade virtual, realidade aumentada e manufatura aditiva, entre outros, todos fundamentais e que ajudarão a gerar um profissional alinhado às significativas mudanças do processo produtivo.

4) Esteja preparado para se relacionar com esse novo ambiente

Na Indústria 4.0, os desafios são crescentes, e a capacidade de colocar em prática as melhores atitudes em cada situação será um diferencial no mercado de trabalho. Nesse universo, as capacidades socioemocionais servem de base para o profissional de formação multidisciplinar, que deverá compreender, interagir e atuar com as múltiplas tecnologias que compõem uma “fábrica inteligente”.

5) Seja um profissional 4.0

Esteja disposto a ampliar continuamente os seus estudos de forma a acompanhar as inovações. Afinal, essa nova revolução industrial quebra paradigmas e torna necessária a atualização constante, para dar conta de funções mais complexas e criativas, condição para profissionais que buscam ambientes desafiadores e em constante transformação.

Matrículas abertas

As matrículas para os cursos técnicos da Firjan SENAI de 2020 estão abertas. Quem se matricular até 30/12/2019 garante 50% de desconto* na primeira mensalidade do primeiro módulo, mais um curso de férias gratuitamente. *Clique aqui e confira detalhes e condições.

Cadastro de Interesses

Quer receber informações sobre as novidades dos cursos técnicos da Firjan SENAI? Cadastre-se ao lado!

Foto: divulgação cursos Firjan SENAI | Paula Johas